quinta-feira, 10 de junho de 2010

Reflexões numa noite fria...

[Postado por Anne M. Moor]

Prozac Café, tão carinhosamente nomeado por um grupo que, cutucados pelo Ernesto e o Flávio, criaram este espaço para abrigar nossos amigos da blogosfera que não tinham blog. Lu, pessoa linda, profunda e amiga sincera de muitas conversas e trocas de ideias. Ana Castillo, da Espanha, poeta sensível com uma vida riquíssima e companheira do "café". António que com suas pinturas e escritos nos conquistou a todos. Udi, viva, amiga e companheira da caminhada e dos momentos de instrospecção. Walmir, que começou singelamente com seu blog a nos encantar com sua escrita sensível. Jorge Lemos, nosso poeta mor e contador de causos sensacionais. Angela que se juntou a nós com seus comentários e suas ideias inteligentes. Érica, nossa caçula no Café, com uma efervescência contagiante. Amanda, no meio de viver sua vida e construir a família... Carol, que transborda no Café vez por outra e nos diverte com seus escritos - bem filha do pai... Estrelinha, em meio ao seu curso de Direito nos fazendo rir com suas histórias. Gui com suas histórias tão bem escritas sobre o cotidiano. Raquel, que se juntou a nós depois de uma temporada aqui em casa. E alguns que nos acompanhavam silenciosos neste café em um encontro muito louco. Ah, sem esquecer a Tina, nossa professora de sempre, querida, didática e competente! Saudades deste encontro muito louco, de todos nós que sumimos daqui.

10 comentários:

Carol Dias disse...

Concordo Anne!!! Ta todo mundo meio sumido!! Adorei o texto!

Anne M. Moor disse...

Carol

Bom te ver aqui. Adoro os teus posts... Escreve!

Beijão
Anne

Walmir Lima disse...

Anne,

Muito bom você ter levantado essa questão.

Mas é assim mesmo. A ausência leva ao esquecimento.

É só uma questão de tempo.

Sentimos muito a falta também dos comentários
da Ti, sempre caracterizados por conter uma opinião
que reflete uma filosofia interessante de vida,
com inteligência, despojamento e profundidade
e, principalmente, sagacidade na análise da vida.

Não é menos sentida a falta dos comentários da
Maria Alcântara, da Suzana, da Glaura, da Ava, da
Ju, da Cristina, as postagens do Ortega, os comentários
hilários e as postagens da Udi, que ainda manteve acesa
a chama por um bom tempo, e da turminha que sempre
comenta as postagens dela. Isso, sem falar em tantos
outros que, como você, eu também vou esquecer de
mencionar aqui.

Muitas vezes esquecemos até de responder ou agradecer
os comentários recebidos (o que é lastimável indelicadeza).

Isso é bem sintomático, como reflexo da nossa ausência.

Quanto a mim, você sabe, tive, neste último, um ano pontuado
de grata felicidade, mas também cheio de situações difíceis
(até em maior número) que me desviaram e consumiram o tempo,
a inspiração e a atenção.

Mas, aos poucos, voltei a postar lá no 'O Centauro' e pretendo,
em breve voltar a comentar nos Blogs e a postar aqui no 'Prozac'
também. Fiz uma postagem sobre o nascimento do meu novo
netinho. No Dia das Mães, fiz uma homenagem a todas as mães
na pessoa da minha saudosa mãe, Dna. Chiquita, e espero que
todas que a virem se sintam homenageadas também.

Um beijo, e até já.

Walmir

Anne M. Moor disse...

Walmir, meu querido amigo

A minha intenção não foi de cobrança, mas de uma reflexão no friozinha da noite lembrando de todos (embora esqueci de alguns)... Todos nós convergimos por alguma razão na blogosfera e formou amizades tão gostosas! Acho que foi, ao passar pelo "Café" meu olho pousou na frase que caracteriza o Prozac Café - Um encontro muito louco - e fiquei pensando nisso (no encontro que se deu).

Tão bom te ver voltando e o Ernesto também. Sinto saudades do "batepapo" descontraído que rolava aqui.

Beijão
Anne

Ernesto Dias Jr. disse...

Concordo. O pessoal sumiu mesmo. Incluido eu...
Quanto à Tina, falei com ela outro dia. Está de férias na Polinésia francesa. Mandou até fotos. Não tem escrito porque assumiu de vez: está lá de caso com uma turista sueca de fechar o comercio.

Anne M. Moor disse...

Ernesto rsrsrsrsrsrs

Eu te adoro sabia????

Beijo
Anne

PS. Manda beijos pra Tina!

Jorge Lemos disse...

Anne Amiga

Seria a vida dura castigando seres? Ausências! Sentidas ausências1 Onde anda a Ti, a Lu, a Angela, a Maria e tantas outros seres que amamos. É, apesar dos muitos percalços que a vida ensina
devemos trocar sempre nossos puros sentimentos de amor profundo.
Parabens Anne. Tambem sinto!

Érica Martinez disse...

Anne, que gostosa homenagem!!!!!!!!!!! Saudades de todos mesmo!
Um beijo pra cada um!
Da caçula...
É. - sendo.

Anônimo disse...

Anne, CHOREI , lembrando de tudo que vc disse, eu queria tanto voltar, mas acho q enquanto nao passar na bendita prova da oAB, NÃO VOLTO!!!BJS E SAUDADES DE TODOS!
Estrelinha

armalu disse...

Que lindo ver vossa união, é gostoso estar longe e se sentir tão perto tão unido.
Não conhecia o vosso blog, mas estou adorando, hoje estou em dia não, mas vai passar.
beijo para você e que continuem todos sempre unidos.