sábado, 30 de maio de 2009

Eu fiz tudo pra você gostar de mim

[Postado por Carol Dias]

Aproveitando a “rasgação” da tecelagem inteira que o professor fez ontem sobre o nosso trabalho, vou postar uma foto pra vocês entenderem melhor o que fizemos.
Hoje, a coordenadora do curso veio me pedir informações de custo de trabalho. Achei estranho, mas veio a confirmação: o tema esse ano do Cineme-se (festival de curtas) é figurino, e eles querem produzir uma série do nosso trabalho!!
Serão confeccionados outros iguaiszinhos aos meus com figurinos marcantes!! Não é o máximo?
Mudando de assunto, será que vocês conseguem achar minha nova tatuagem??

A foto oficial do encontro

[Postado por Flavio Ferrari]

Lá no Arguta eu havia postado a foto não autorizada. Essa foto, tirada com a máquina do Tapadinhas, é a oficial do encontro blogueiro transoceânico, com os representantes da comunidade brasileira e lusitana, com o testemunho de ninguém menos do que Fernando Pessoa.
Nas mãos, o livro Tirando o Macaco, que levei ao amigo Antonio. Na hora da foto perguntei a ele onde estava a edição de bolso do Pecado e Capital, que imaginava ilustrar melhor nosso encontro.
Tapadinhas imediatamente esclareceu-me. Estava no seu bolso.

Atendendo a pedidos

[Postado por Ernesto Dias Jr.]

Avassaladora postou um comentário lá no Assertiva perguntando porquê as postagens do meu blog não apareciam no seu blog, naquele quadrinho de lista de blogs.
Expliquei que era porquê o Assertiva não está hospedado no Blogger, mas tem domínio próprio (não é um site blogspot.com).
Mas fiquei com a pulga atrás da orelha. A Érika também já tinha me perguntado isso.
No fundo era uma vergonha, por que o Assertiva já era capaz de “espionar” os blogs da aldeia e publicar seus títulos em tempo real, muito antes que o próprio Google fizesse isso.
O problema então era forçar o Blogger a fazer o contrário, isto é: ir buscar lá no Assertiva suas últimas postagens (o que se diz RSS feed na linguagem técnica), e publicar suas listagens tal como faz com os blogspot.com.
Escrever um programa que gerasse e publicasse o feed foi fácil.
Daí a dar um nó no Blogger...
Então botei o rabinho entre as pernas e liguei para a Tina, que está passando uns dias com um lituano misterioso em Veneza.
Ela chiou, mas depois de promessa de um jantar no Pobre Juan assim que voltasse concordou em ajudar.
Tina é um gênio. Não levou mais que quinze minutos para operar o milagre.
Assim, agora é possível colocar o Assertiva na sua lista de blogs e ver a lista de suas últimas postagens.
Para isso, basta dar ao Assertiva o seguinte endereço (em lugar de www.assertiva.blog.br):

http://feeds2.feedburner.com/blog/zHvC

(As maiúsculas no fim são necessárias)

Se você fizer isso por favor me avise dizendo se deu certo ou não. Eu testei no Gotas Finas e parece que funcionou bem. Você notará que, apesar desse endereço não conter o site do Assertiva, ao clicar no link da lista ele vai endereçar direitinho o meu blog (ôoooo santa Tina...)
IMPORTANTE: O endereço aí em cima não deve ser usado como link para o Assertiva, que continua sendo o mesmo de sempre (www.assertiva.blog.br).
Se você for curioso(a) e quiser ver o RSS feed do Assertiva funcionando pode testá-lo através do endereço http://www.assertiva.blog.br/db/feed.xml.
A quem incluir o Assertiva em sua lista de blogs e comentar, meus agradecimentos.

quarta-feira, 27 de maio de 2009

A mala delatora ...

[Postado por Flavio Ferrari]

Enquanto isso, no bagageiro do avião para Barcelona, eis que localizo uma mala abandonada ...

domingo, 24 de maio de 2009

Nem só de coisas ruins,

[Postado por Carol Dias]

vive a faculdade!!!
Ai gente to tão feliz!!! Na ultima sexta feira fizemos uma exposição sobre a Carmem Miranda. Nesse vídeo estão algumas imagens e claro, meu trabalho!!!
Meu grupo e eu fizemos o corpo dela sem o rosto para que os visitantes tirassem fotos. Foi muito bacana!!!
Infelizmente, aparecida como sou, não consegui aparecer nem de costas nas imagens kkkkkk mas tem vários professores e amigos nele.

Momento MPB

[Postado por Flavio Ferrari]

A mulher de verdade passando uma tarde em Itapuã ...

sábado, 23 de maio de 2009

Valeu, cara!

[Postado por Udi]

Um "até logo mais" pro Zé Rodrix.

Como disse o Ricardo Soares em seu blog:
"Boa viagem!"
e que seja (como desejou) ...de zepelin!

Aos fãs do autor de "Casa no Campo", "Mestre Jonas" e outras maravilhas daquilo que se imortalizou com o nome de rock rural, recomendo a leitura do post do Ricardo Soares aqui.

Atualização às 17h07: o queridíssimo ÉrreEme alertou-me sobre outra postagem bem bacana que acrescenta um pouco mais sobre o incrível músico Zé Rodrix. Vale a pena conferir a postagem do Marcos Rocha no Plano Geral aqui.

Zepelin - Sá e Guarabyra

Morte na faculdade

[Postado por Carol Dias]

É. Essas coisas acontecem pertinho da gente, bem pertinho, na sala de cima.
(Não estava na aula nessa hora)

http://g1.globo.com/Noticias/SaoPaulo/0,,MUL1164199-5605,00-MULHER+E+MORTA+COM+GOLPES+DE+TESOURA+EM+UNIVERSIDADE+DE+SANTOS.html

sexta-feira, 22 de maio de 2009

Novidades...

[Postado por Udi]


...no RM no Verbo: agora sou colaboradora de lá também.

Passem por !

;)

quinta-feira, 21 de maio de 2009

Abri uma exceção...

[Postado por Tina]



Meninos e meninas:
Jurei nunca mais ajudar alguém a configurar blogs, mudar o padrão do Blogger ou escrever uma linhazinha de programa que não fosse para o chefinho.
Mas ele pediu com tanto jeitinho que eu fiz uma pausa nas minhas férias em Budapest, tranquei-me no hotel por quinze minutos e ajudei a por um novo blog no ar:


O blog é do Miro, e como eu conheço o moço e seus escritos achei que valeria a pena.
Agora vocês façam o favor de dar uma passadinha por lá e dizer oi. É o mínimo que me devem por ter perdido o jantar (e um goulash maravilhoso) com o meu novo empresário.

quarta-feira, 20 de maio de 2009

Cenas da infância do Ernesto ...

[Postado por Flavio Ferrari]

video

Da série "O amor é lindo" - II

[Postado por Udi]

amor tostines

não sei te amo mais
porque
fico feliz
ou se
fico feliz
porque
te amo mais


domingo, 17 de maio de 2009

Homenagem a Mario Benedetti

[Postado por Anne M. Moor]

Mario Benedetti faleceu hoje! Estou triste...

Chau número tres
Te dejo con tu vida
tu trabajo
tu gente
con tus puestas de sol
y tus amaneceres.

Sembrando tu confianza
te dejo junto al mundo
derrotando imposibles
segura sin seguro.

Te dejo frente al mar
descifrándote sola
sin mi pregunta a ciegas
sin mi respuesta rota.

Te dejo sin mis dudas
pobres y malheridas
sin mis inmadureces
sin mi veteranía.

Pero tampoco creas
a pie juntillas todo
no creas nunca creas
este falso abandono.

Estaré donde menos
lo esperes
por ejemplo
en un árbol añoso
de oscuros cabeceos.

Estaré en un lejano
horizonte sin horas
en la huella del tacto
en tu sombra y mi sombra.

Estaré repartido
en cuatro o cinco pibes
de esos que vos mirás
y enseguida te siguen.

Y ojalá pueda estar
de tu sueño en la red
esperando tus ojos
y mirándote.

sábado, 16 de maio de 2009

Tem eleição!

[Postado por Udi]

Gentes, o blog do Flavio tá participando de um prêmio: Top Blog.

Votem no Arguta que este não será um voto perdido!

Para votar: aqui

Bem na foto

[Postado por Udi]

Deixarei a legenda para que cada um escolha a sua.
Bom finde prá todos!

quinta-feira, 14 de maio de 2009

Momento Zen - Epílogo

[Postado por Udi]

Ilustração: tela de António Tapadinhas, Outono, da série 4 estações

Relendo cada uma das postagens que compõem esta série (MZ I, MZ II, MZ II-a e MZ III) notei que sempre pontuo minha surpresa com a receptividade de todos vocês, queridos, da aldeia blogal.
Ocorre que na última postagem (Momento Zen III), não só me surpreendi mas também me assustei com as pessoas me perguntando “como medita?/ como se faz prá acessar o ‘estado essencial da mente?'/ como ‘treinar’ a mente?” e daí que – quase pega pelo próprio ego diabólico – me vi ‘raciocinando’ na tentativa de ensaiar respostas a essas perguntas.
Magina, gentes! Daí acordei, né? ...ou, algo me acordou e disse: “Bem, minha cara, olha só que bacana! As pessoas se interessaram pelo assunto e agora podem, assim como você, cada qual procurar o melhor caminho caso queiram se aprofundar no assunto.

“caminhante, não há caminho, faz-se caminho ao andar.”
Antonio Machado

No entanto, esse "algo" que me acordou acima também me diz que não poderia encerrar a série assim, deixando perguntas no ar. Então, como a idéia é reproduzir trechos do livro (O Livro Tibetano do Viver e do Morrer) de um autor (Sogyal Rinpoche) especialista em meditação e práticas relacionadas, escolhi um trecho desse livro em que o autor, de maneira poética, descreve como praticar meditação e também (como não poderia deixar de ser) uma canção em que Gil, de forma mais poética ainda, descreve a sua própria experiência de meditação.


A Prática da Presença Mental

"A meditação consiste em trazer a mente de volta para casa, e isso se conquista primeiramente pela prática da presença mental. Uma vez uma mulher veio até Buda e lhe perguntou como meditar. O Buda lhe disse para ficar consciente de cada movimento de suas mãos enquanto tirava água do poço, sabendo que ela logo entraria naquele estado de atenção e calma cheia de espaço que é a meditação. A prática da presença mental, de trazer de volta para casa a mente dispersa e assim colocar em foco diferentes aspectos do nosso ser é chamada “Permanência Serena”."

E ainda, para que não fique mais longo, mais um pequeno trecho onde o autor destaca a experiência da meditação independente de um determinado “método”:

"A verdadeira glória da meditação reside não num método qualquer, mas na sua experiência viva e contínua do presente, na sua bem-aventurança, claridade, paz e, mais importante que tudo, na completa ausência de apego. A diminuição do apego em você é um sinal de que está se tornando mais livre de si mesmo. E quanto mais experimenta essa liberdade, mais claro é o sinal de que o ego, as esperanças e os temores que o mantêm vivo estão se dissolvendo, e mais próximo você estará da generosa “sabedoria da ausência de ego”. Quando você vive nesse estado, não sentirá mais a barreira entre “eu” e “você”, “esse” e “aquele”, “dentro” e “fora”. Você terá chegado finalmente ao seu verdadeiro lar, ao estado de não-dualidade.”

domingo, 10 de maio de 2009

gentee

[Postado por Gui Ferrari]

agora a kiwi tem novos vídeos na internet genteeee!
divulguem pleasee!
http://www.youtube.com/watch?v=HQ3NCD06Lys
http://www.youtube.com/watch?v=KsLNZGM0bqQ&feature=related


bjoo

Casamento e maternidade

[Postado por Flavio Ferrari]


O deus da morte e a mulher arguta

Uma história da Tradição Hindu


No tempo da Antiga Índia, havia dois reinos vizinhos Em um deles, o rei se preocupava com filho único. Havia chegado à idade de casar e, no entanto nenhuma moça o interessava.
O príncipe só pensava em jogos, caçadas e orgias.
No outro reino, o outro rei se preocupava com sua filha única, ela não pensava em se casar, só pensava em seguir uma vida religiosa e em agradar aos deuses.
O rei, pai da princesa chamou um sábio ermitão e pediu conselhos.
- Majestade! Sua filha,se casará com um príncipe, mas ele morrerá dentro de um ano após o casamento, o sogro de sua filha será destronado e Vossa Majestade ficará cego.
O rei teve ímpetos de matar o sábio, mas se conteve.
O outro rei ficou sabendo da beleza da filha de seu vi,zinho e de acordo com os costumes da época pediu a mão da moça para o seu filho.
Os jovens se apaixonaram e por um tempo viveram felizes, porém a profecia foi se cumprindo. Primeiro o pai da moça ficou cego, depois seu sogro foi destronado e a família te,ve de fugir para a selva, vivendo de caça e de frutos silvestres.
Por fim, um javali matou o jovem príncipe. A moça ficou ao lado do corpo de seu marido e de repente, eis que chegou Yama, o deus da morte para levar o falecido.
A moça pediu ao deus da mo,rte;
- Levei uma vida devota, respeitando os deuses e acho que me mereço um pedido. Quero meu marido de volta.
- Peça-me o que quiser. Menos a vida de seu marido.
- Então, quero que meu pai recobre a visão.
- Que isso se cumpra  decretou o deus da mo,rte, e assim foi feito.
Mas a moça continuou a seguir Yama.
- Volte bela mulher. Aonde vou você não pode me seguir. Façamos um trato, atendo mais desejo seu, desde que não seja a vida de seu marido e você volta para a casa de seus sogros.
- Pois bem, e,ntão quero que meus sogros recuperem seu trono e todas as suas posses.
- Que isso se cumpra - ordenou o deus da morte e assim tudo foi feito.
Porém a jovem continuava a seguir Yama.
- Bela mulher, não abuse de minha paciência, volte e satisfarei mais u,m desejo seu, desde que não seja a vida de seu marido.
-Desejo então que a descendência de meu marido seja tão numerosa quanto as estrelas do céu.
- Que isso se cumpra- ordenou o deus.
Imediatamente Yama se deu conta no logro em que caira. Porque para,que a descendência do marido da moça fosse mais numerosa que as estrelas do céu, ele deveria voltar à vida.
Yama riu e gargalhou da peça que sofreu.
- Bela mulher, desta vez você me enganou. Nos veremos no futuro e então não serei enganado.
E assim a b,ela princesa voltou com seu marido para o palácio de seu sogro, tiveram muitos filhos e o casal pode conhecer seus netos e bisnetos.

(texto extraído do site www.octopop.com)

sábado, 9 de maio de 2009

Solução Final

[Postado por Flavio Ferrari]

Quando o anjo da guarda não está ajudando ....

quinta-feira, 7 de maio de 2009

"um exocet!"

[Postado por Érica Martinez]

Pessoal!!! Este é um convite:

Sábado vou fazer um bazar de calcinhas (e porta-petchos, como disse a Udi), onde "estarei vendendo" as peças que crio por um preço mais bacanitcha do que na loja. O endereço é RUA CARAÍBAS, 499 - POMPÉIA/PERDIZES

Além disso, uma amiga também vai expor as roupinhas de criança que ela desenha (02 a 12 anos/ meninos e meninas e alguma coisinha de bebês...), para que as mamães consumistas sintam-se menos culpadas por comprar um milhão de calcinhas novas! hehe...

O bazar vai rolar das 9h às 17h, ok?!
Espero vocês lá!

quarta-feira, 6 de maio de 2009

Inspiração - III

[Postado por Udi]

Juntando tudo:
- a postagem do Walmir "Amar é..." (neste mesmo Café, no dia 02 de Maio);
- a inevitável polêmica sobre a "Amélia" de Ataulfo Alves lá no blog dos Venenos (do ÉrreEme) e...
- a pergunta em alguns comentários (aqui e no Venenos) da Ava, queridíssima (do blog Minhas Vidas) que sentiu minha falta, sobre o porquê de minha ausência nos últimos dias.

Aí vão:
- "A Arte de Amar" de Manuel Bandeira;
- Rita Lee cantando uma versão "mudérrrna" de "Amélia": "Bwana" e...
...creio que, então, Ava terá uma resposta.

Tudo com muito desapego e profunda consciência do impermanente.

meninas e meninos que nunca assistiram Jim das Selvas :
"bwana" é uma palavra em suaíli (língua nativa de diversos grupos que habitaram e habitam uma faixa de 2,5 mil quilômetros da costa leste da África) cujo significado é (entre outros): senhor, dono, proprietário.



Arte de Amar (Manuel Bandeira)

Se queres sentir a felicidade de amar, esquece a tua alma,
A alma é que estraga o amor.
Só em Deus ela pode encontrar satisfação,
Não noutra alma.
Só em Deus - ou fora do mundo.

As almas são incomunicáveis.

Deixa o teu corpo entender-se com outro corpo.
Porque os corpos se entendem, mas as almas não.





"Bwana Bwana/ não sei cozinhar..."
;)

domingo, 3 de maio de 2009

Figueiras

[Postado por Anne M. Moor]

Abre-se um leque
do tamanho de um abraço;
sombra se faz, que protege
e abriga amizades e amores...

Figueira fotografada hoje na ida para Herval - RS. Não é linda? A figueia é uma espécie daqui. São muito lindas e dão uma sensação de proteção!

sábado, 2 de maio de 2009

Amar é...

[Postado por Walmir Lima]


Amar é a coisa mais alegre.

Amar é a coisa mais triste.

Amar é a coisa que mais quero.



(Adélia Prado, Poeta Mineira, 1935 -)


Postado por: Walmir Lima
.