sexta-feira, 15 de fevereiro de 2008

A arte de amar - Manuel Bandeira

[Postado por Raquel Neves de Mello]

Se queres sentir a felicidade de amar, esquece a tua alma.
A alma é que estraga o amor.
Só em Deus ela pode encontrar satisfação.
Não noutra alma.
Só em Deus - ou fora do mundo.

As almas são incomunicáveis.

Deixa o teu corpo entender-se com outro corpo.

Porque os corpos se entendem, mas as almas não.

12 comentários:

Walmir Lima disse...

Essa postagem é uma excelente "teaser".
O Manuel "pisou" fundo e a Raquel "acelerou" pro nosso lado.
Sem tempo agora, vou ter que pensar um pouco pra comentar o tema em si.
Valeu, Raquel!

Ernesto Dias Jr. disse...

Oia,...
Sei não...
Quando eu conseguir separar meu corpo da minha alma, eu experimento.

Anne M. Moor disse...

Corpo sem alma é defunto... Tô que nem o Ernesto - sei nãoooooooooo...
Essa última frase... tende a ser verdade...

disse...

Amor de corpo e alma:hummmmmmmmmmmmm, tão bom!
Bjo Raquel.

Flavio Ferrari disse...

Manuel deu bandeira ...
Vida triste a desse cara.

Raquel Neves de Mello disse...

To besta com as reacoes. Ja esperava que as meninas acreditassem em amor de corpo e alma. Mas os meninos ... Pensei que, exceto o FF que ja ta tendo miragens, os outros fossem entender o Bandeira. To comecando a acreditar nos homens. Pelo menos nos com 60 ou mais. Beijos para esses nossos meninos maduros.

Ernesto Dias Jr. disse...

Anotada a sua reação, Raquel, para tema do Universo Masculino para Meninas, em breve no Assertiva...

Flavio Ferrari disse...

Apesar das aparências, ainda não cheguei nos 60 ...
Já antecipo que o Ricardo vai fazer uma postagem no Vestiário sobre o "amor verdadeiro" ... estou só esperando a postagem da Renatinha, rebatendo a do Luiz ...

disse...

"Então ficamos,minh'alma e eu
Olhando o corpo teu,sem entender
Como é que a alma entra nessa estória.
Afinal o amor é tao carnal.
Eu bem que tento, tento entender.
Mas, minh'alma não quer nem saber.
Só quer entrar em você.
Como tantas vezes já me viu fazer.
E eu digo:calma alma minha
Calminha.
Você tem muito que aprender."

(Zeca Baleiro)

Anne M. Moor disse...

Almas, almas enlouquecidas
que vontade própria se atribuem
paciência não as visita
muito seguido...

Êta Zeca Baleiro!!

É! disse...

nem as almas gêmeas...
Tô com a Raquel: amor de corpo e alma??? Ah... os contos de fadas...

Ernesto Dias Jr. disse...

LÚ:
Bem lembrado!