sábado, 8 de agosto de 2009

Mãos

[Postado por Anne M. Moor]

A todos os pais, meus amigos, que perambulam por aqui, posto este poema em homenagem a vocês que sempre estiveram juntos aos 'rebentos', mesmo que longe geograficamente.

Meus parabéns pelo dia de amanhã e todos os dias do ano!


Mãos outras contam inúmeras histórias:
afagaram-me no ventre – sentimento;
guiaram-me os primeiros passos – ensino;
mostraram-me caminhos de uma vida!

As mãos que hoje me escrevem aqui
brincaram com terra, materiais e palavras.
Entraram nos meandros da arte manual
criando em tricô, crochê, costura e bordados.

Embalaram meus rebentos, pedaços de mim.
Acarinharam e acarinham amores e paixões.
Esculpiram vidas em um vai e vem intuitivo.

Minhas mãos mostraram-me por onde andar,
por entre relâmpagos, trovões e chuva
sempre iluminada pela luz e calor do sol.

by Anne M. Moor

17 comentários:

CHRISTINA MONTENEGRO disse...

É uma das coisas mais bonitas de se ver: um pai-mentor-não-tirânico...
Bjs!

Ava disse...

Anne, uma dorzinha no peito...

Saudades do meu pai que me levava pela mão... e sempre me mostrava o caminho a ser trilhado...

Até hoje ressoa em minha mente suas palavras... Ensinamentos que nunca esqueço.... tantos detalhes...tantas frases.. tanta sabadoria em sua simplicidade...

Com certeza os "papais" que perambulam por aqui merece...

Faço coro com voce...rs

Parabéns!!!

Anne M. Moor disse...

Christina
É mesmo...

Beijos

Anne M. Moor disse...

Ava
Tenho saudades do meu pai tbm...

Bjinhos

Walmir Lima disse...

Grato, Anne, por esta bela homenagem.

Sei bem como é fazer o melhor sem nunca ser o melhor.

É mesmo esse "vai e vem intuitivo" a esculpir vidas.

Um beijo do

Pai-Avô-Pai (Ufa!)
Walmir

Anne M. Moor disse...

Walmir
Meu amigo pai... Agora sendo pai novamente no papel de vô... Pai 2 vezes!

Parabéns pelo dia de hoje...

Beijos

A.Tapadinhas disse...

Acho meio estranho que nós, que somos irmãos, tenhamos assim datas tão diferentes para comemorar acontecimentos, que nos são comuns...

Não, não estou a referir-me ao Dia da Independência...
:)
O nosso é a 1 de Dezembro... à pala dos espanhóis...
:)
Não há nenhuma razão para que não seja na mesma data "O Dia do Pai"... Nós é a 19 de Março...

Devemos fazer uma petição para mudarmos para o mesmo dia...

...ou então, todos os dias são "Dia do Pai"...

...nós merecemos!
hehehe

Beijo.
António

AC Rangel disse...

Anne, como pai praticante e reconhecendo minha total incapacidade de não ser apaixonado pelos meus filhos queria te agradecer e te dar um beijo do tamanho deste amor que tenho por eles. Prdepare-se, meu beijo é enorme...

Flavio Ferrari disse...

Meus filhos, desde pequenos, dizem que sou mais que um pai...
Um pai de aço ...
Um paiaço ...

rm disse...

Ei querida,
que doce homenagem a embalar a difícil tarefa que a vida nos impõe...

Udi disse...

Compartilho desse mesmo sentimento, Anninha. Como é bom!
beijos

Anne M. Moor disse...

Antônio
Tbm acho que o dia dos pais é todos os dias.

Aqui dia das mães é exatamente 9 meses depois do dia dos pais... :-)

Anne M. Moor disse...

Rangel,
Estou curtindo...

Beijão

Anne M. Moor disse...

Flávio

Posso te imaginar de pai... :-)

Anne M. Moor disse...

rm

ser pai e ser mãe é a mesma coisa... tão bom e as vezes tão difícil...

Anne M. Moor disse...

Oi Udi!

Muito bom messsssssssssssmo...

Beijão

Érica Martinez disse...

Um beeeeeeeeeeeeeeeijo!!