domingo, 13 de julho de 2008

IBOPE baixo

[Postado por Flavio Ferrari]

Você sabe que seu ibope está baixo quando procura alguém para tomar um chopp, um café, um chá ou mesmo um copo de água num final de tarde de domingo e ninguém pode sair com você....
Azar dos pinos do boliche.

14 comentários:

Érica disse...

você sabe que seu Ibope está baixo quando NÃO ligam pra você pra tomar um café, um chopp ou uma água... ham ham!

Udi disse...

eu havia combinado um café pro final do domingo que acabou "dançando", mas não foi com você.
...mas tinha que ser e-xa-ta-men-te aquele "alguém"?

Udi disse...

...pinos de boliche?!¿!

Suzana disse...

Domingo a tarde eu estava tomando um cafézinho com uma amiga muito querida e curiosamente falei de vocÊs!
Sintonia F.F.?

A.Tapadinhas disse...

Para os pinos é igual... Alguém acerta neles?

Abraço.
António

Anne M. Moor disse...

Finais de domingos podem ser assim... Nunca gostei muito! Este em particular eu estava enfiada em meio de muitas caixas...
Beijos ensolarados

Raquel Neves de Mello disse...

Nâo acho que isso seja uma questão de Ibope. Amigos são amigos e não soldados de plantão prontos para as nossas "emergências". Aliás, pense em quantas vezes um amigo ligou e você, chateado, teve que dizer que não dava porque já tinha outro compromisso.
Nossa, como estou pragmática hoje! Deve ser o ascendente em Gêmeos.

Flavio Ferrari disse...

Ainda bem que não tinha o telefone da Raquel ...

Raquel Neves de Mello disse...

Não seja mal-criado. Eu estava livre. Teria tomado o café com você, com prazer.
Beijos

Renata Maria Parreira Cordeiro disse...

Ou quando está doente e manda convite para irem ao seu Blog e não vão, não é Sr. Flávio? Não deixe de ir ao meu Blog pois estou comemorando o fato de ter engordado 1 quilo, estou com 38, fiz um post especial. Conto com a sua presença~:
wwwrenatacordeiro.blogspot.com
não há ponto depois de www
Um beijo,
Renata
Por favor, vá, vai fazer-me bem

Jorge Lemos disse...

Principe:
Lamento morar tão longe. Tempo eu tenho, vontade idem, mas a distância...

Antunes Ferreira disse...

LISBOA - PORTUGAL

Olá!

Cheguei a este blogue através de outros que costumo visitar e neles postar comentários. Cheguei, vi e… gostei. Está bem feito, está comunicativo, está agradável, está bonito – e está bem escrito. Esta é uma deformação profissional de um jornalista e dizem que escritor a caminho dos 67…, mas que continua bem-disposto, alegre, piadista, gozão, e – vivo.

Só uma anotaçãozinha: Durante 16 anos trabalhei no Diário de Notícias, o mais importante de Portugal, onde cheguei a Chefe da Redacção – sem motivo justificativo… E acabo de publicar – vejam lá para o que me deu a «provecta» idade… - o me(a)u primeiro livro de ficção «Morte na Picada», contos da guerra colonial em Angola (1966/68) em que bem contra vontade, infelizmente participei como oficial miliciano (obrigatório, porque vindo da Universidade).

Muito prazer me darás se quiseres visitar o meu blogue e nele deixar comentários. E enviar-me colaboração. Basta um imeile / imilio (criações minhas e preciosas…) e já está. E se o quiseres divulgar a Amiga(o)s, ainda melhor. Tanto o blogue, como o imeile, tá? Muito obrigado

www.travessadoferreira.blogspot.com
ferreihenrique@gmail.com

Abrações aos mininos e queijinhos (rima com beijinhos…) às mininas

PS –
1) Estou a trabalhar para fazer do meu blogue um ponto de encontro entre Brasil (que conheço bastante bem) e Portugal e, obviamente, entre as suas gentes. Malta: colaborem! Outro obrigado, minha gente.
2) Sou danado pra escrever. Daí proposta de motu proprio: também posso escrevinhar neste blogue?

Anne M. Moor disse...

Antunes Ferreira,
É claro que podes. Este é um blog formado por uma aldeia bloguenígena, cujos blogs podes acessar pelo menu da direita.
Vou já já lá no teu blog fazer uma visita!
Abraços do Brasil
Anne

Glaura disse...

O meu telefone também não tocou. Inclusive quando toca é paciente ou pra moça que trabalha aqui em casa...