quarta-feira, 9 de julho de 2008

Pensamento da noite

[Postado por Flavio Ferrari]

O que vale mais ?
O que já se tem,
ou o que falta faz ?

7 comentários:

Flavio Ferrari disse...

Fiz essa postagem pensando no fato de que, nos relacionamentos, a maioria das pessoas parece valorizar mais os "defeitos" do outro do que as qualidades.
Basta que o parceiro dê uma pequena mancada para que, num piscar de olhos, esqueçamos tudo de bom que ele já ofereceu.
É injusto, mas é dificil evitar que a primeira reação seja essa.
Porém, sempre dá para repensar.

Érica disse...

quanto mais se faz, mais é esperado...

Raquel Neves de Mello disse...

Xi, parece que alguem andou pisando na bola ...

Anne M. Moor disse...

Não precisa ser assim... Nem deveria...
Beijos

Renata Maria Parreira Cordeiro disse...

Vale mais o que já temos, é claro, porque é o conhecido. E se o desconhecido for ruim. Já que aceitou minha dica de filme, vou dar-lhe outra. Enquanto coleto material para "Bonequinha de luxo", postei sobre o filme "Sombras de Goya" que em Portugal ficou como no original "Os Fastasmas de Goya". Apareça por aqui:
wwwrenatacordeiro.blogspot.com
não há ponto depois de www
Um beijo,

A.Tapadinhas disse...

Nas relações pessoais é assim,
mas...
Fazer bem ou mal,
Talvez não seja questão:
Para alguns é igual,
Para políticos, promoção.

Abraço.
António

Suzana disse...

Eu creio que seja assim em tudo. Nos relacionamentos pessoais e profissionais.Concordo que não deveria ser assim, mas parece que o ser humano tem uma capacidade de assimilar o mau mais rápido do que o bom ou o bem.Fazer o bem dá mais trabalho, reconhecer as qualidades e virtudes do outro implica em "saber trabalhar" com a própria vaidade,frustrações, etc...´`e um exercício bem mais dificil do que apontar, dedo em riste, acusar ou se fazer de vítima.
Enfim, somos todos humanos e portanto erramos.O importante é que quando se sabe o que é certo, o melhor é não fazer o errado.

bjs