terça-feira, 25 de dezembro de 2007

Luz e Sombra

[Postado por Lú]



Há um centro bem íntimo em todos nós,

onde a verdade habita plenamente...

E, "conhecer",

consiste mais em abrir um caminho

por onde o esplendor aprisionado possa escapar,

do que em sair à procura de uma luz

que se supõe estar do lado de fora.

12 comentários:

Walmir Lima disse...

Lú,
Que texto fabuloso! Emocionante e
digno de quem você é: maravilhosa.
Um beijo

Anne M. Moor disse...

Que linnnnnnnnnnnnndo! Lú, amiga, esse esplendor aprisionado já escapou e anda iluminando caminhos...
Feliz Natal minha querida!!
Beijão

Flavio Ferrari disse...

Profunda ...
Mas acho que só parte da "verdade" fica aprisionada.
Não creio que exista uma verdade plena. Mas pode existir um eu pleno, e isso é mais verdadeiro.
Beijo ...

disse...

Penso a verdade como sendo subjetiva.
Pertencente, pois ao sujeito, que a busca dentro de si.
Agente capaz de construí-la , interferir ,interagir e relativizar adequando-se à realidade em sua busca do "ser feliz".
É bom e de uma riqueza ímpar ter amigos como vocês.
ISSO é "ABSOLUTO".

Ernesto Dias Jr. disse...

Lú,
Tua luz jamais será aprisionada, nem por você mesma.
Ela tem, afinal, asas...

Jorge Lemos disse...

Aos rasgar o casulo
as supresas anulo

Busco o que não sei
nunca sei o que busco

luz e sombra
me vejo inteirinho

xxxx

Viva Lú, amiga minha!

Ti disse...

Lú,

Maravilhoso texto!! Permitir-se conhecer o VERDADEIRO EU pode realmente ser uma surpresa muitíssimo agradável!!

Feliz 2008 para você...

Udi disse...

Acho que entendo essa "verdade" da qual você fala. Pra mim, ela é simplesmente uma referência para saber se estou sendo verdadeira comigo mesma.

E saber que (como nesta tua maravilhosa imagem) luz e sombra sempre vêm juntas foi o grande aprendizado deste ano.

Udi disse...

...beijo grande prá você!
Obrigada pela companhia em 2007 e um 2008 com muuuita alegria, amor, saúde, luz... e muita argúcia prá lidar com a sombra ;)

Angela disse...

Penso que a verdade de cada um esteja em seus cantinhos de sombras... menos visível, mas muito mais revelador, essencial.

Jorge Lemos disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Raquel Neves de Mello disse...

Lindo e revelador, Lu. Muito apropriado pra um inicio de ano. Vou tomar como guia pra 2008: buscar a minha luz. Beijos e feliz Ano Novo!