quinta-feira, 12 de julho de 2007

Poema Genial (Clarice Lispector)

[Postado por Raquel Neves de Mello]

Não te amo mais.
Estarei mentindo dizendo que
Ainda te quero como sempre quis.
Tenho certeza que
Nada foi em vão.
Sinto dentro de mim que
Você não significa nada.
Não poderia dizer jamais que
Alimento um grande amor.
Sinto cada vez mais que
Já te esqueci!
Jamais usarei a frase
EU TE AMO!
Sinto, mas tenho que dizer a verdade:
É tarde demais ...

Agora leia de trás para frente.

15 comentários:

disse...

Oi Raquel
Que massa!
Igualzinho a gente mesmo né:
Tem momentos que fala o contrario do que que queria dizer,
Momentos que passa o fim na frente do começo,
Momentos que se sente do avesso,e
momentos que não entende nada...
Bjao e bem vinda.

Anne M. Moor disse...

Oba! Bem vinda Raquel e começando com tudo. Clarice Lispector... E como disse a Lú: "Momentos que passa o fim na frente do começo"... Entra, senta (como diria a Udi) e te serve do café da Érica... :-)

raquel neves de mello disse...

Voces pegaram direitinho o espirito da coisa. Como naquela foto Hate/Love que um dos meninos postou - nao lembro qual deles. Melhor, vocês sentiram bem a coisa. Porque pensar não é saber, não é sentir. Porque falar de amor, não é amar.
Idéia para outra postagem ...

É! disse...

Raquel, bela chegada!
Ótimas idéias!!!
O seu é puro ou com adoçante?

É! disse...

é a tal história de falar "com propriedade", será que só quem amou pode falar de amor convincentemente?

Walmir Lima disse...

Amar com propriedade é propriedade de quem ama. É próprio de quem se apropria, naturalmente, do amor-próprio de quem se ama.

Ernesto Dias Jr. disse...

Como diz a Lú: engenho e arte...
Bonita estréia, Raquel. Bem-vinda!

Walmir Lima disse...

Pra que coerência? Não existe coerência - é só amar.
Clarice não confunde, apenas funde os sentimentos dos que amam.

Marcia disse...

O amor é bem assim....inexplicável...o início pode ser o começo ou o fim...
bju

Raquel Neves de Mello disse...

Erica, com adoçante, por favor.
O conflito de amar é o medo da rejeição. É mais fácil dizer "te quero sem compromisso" do que dizer "você é meu grande amor". É mais fácil dizer "tenho responsabilidades na vida" do que ser responsável com o amor. É mais confortável viver construindo um futuro do que se arriscar vivendo o hoje. É covardia dizer "Não te amo mais" enquanto sente "É tarde demais ... Sinto mas tenho que dizer a verdade: EU TE AMO".

É! disse...

UAU!!! Inspiradíssima!!
As pessoas têm medo de assumir que amam porque o amor é muito delicado, como uma jóia. É como se ao deixar de amar alguém, estivéssemos rejeitando um lindo anel de brilhantes...
Ninguém deveria ter medo de amar e de ser amado, mesmo que venha a doer em algum momento, vale pelo aprendizado...

Anne M. Moor disse...

Amar, como diz o Walmir, não tem nem coerência e nem lógica e muito menos explicação... É ter asas...

deliton mandioca disse...

O IMPORTANTE É QUE AS TARTARUGAS BOTAM NO INVERNO.

Anônimo disse...

Quase matei meu noivo do coraçaõ,so Clarisse mesmo!!!!!!!

Anônimo disse...

Sinto informar mais... esse poema é da Cecília Meirelles e não da Clarice Lispector!