sábado, 14 de julho de 2007

[Postado por Anne M. Moor]



Viver é ter vento nos cabelos
barro nas sobrancelhas
e um sorriso na cara...

Aventura é a companhia
do filho e um jipe
atolado!!

Sete horas de barro
atoleiro e risadas
amizade e divertimento.

8 comentários:

Udi Tarora disse...

Anne e suas maravilhosas receitas de vida. Agora em versos, melhor ainda!

Anne M. Moor disse...

Deverias experimentar... Faz um bemmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmm...

Walmir Lima disse...

vida num momento! Feliz de quem tem a tua sensibilidade pra vida, Anne, e pode viver e aproveitar esses bons momentos dela.

Marcia disse...

Anne
Já aconteceu comigo...quase apanhei ...as pessoas q estavam comigo não entendiam minha alegria por estar ali...no meio do nada, com o carro atolado e tendo q caminhar um bom trecho sobre a lama...tadinhos...não conseguiam enxergar o quanto é bom viver....

Anne M. Moor disse...

Márcia: os amigos do meu filho e os meus amigos e colegas de trabalho não entenderam nada... hahahahahahahahaha tadinhos...

Marcia disse...

Anne
Nessas horas o fato da individualidade é fantástico...vc consegue ser feliz em meio aos q ficam apenas cogitando o porq de sua felicidade...

Flavio Ferrari disse...

Para quem gosta de mato, é tão bom quanto atolar na areia da praia em boa companhia e com uma cerveja gelada ...

Anne M. Moor disse...

Flávio: até tô pra concordar contigo, mas o que mais mexeu comigo nas trilhas de jipe foi o vento na cara... O tapa do vento na cara... O frio de fazer os olhos chorar... O respirar essa coisa de aventura pura no meio do vento e do frio...