quarta-feira, 7 de maio de 2008

dá um pedaço?

[Postado por Érica Martinez]


"Saudade é um pouco como fome.
Só passa quando se come a presença. Mas às vezes a saudade é tão profunda que a presença é pouco, quer-se absorver a outra pessoa toda. Essa vontade de ser o outro para uma unificação inteira é um dos sentimentos mais urgentes que se tem na vida." Clarice Lispector

8 comentários:

Anne M. Moor disse...

Clarice Lispector tem uma maneira de dizer as coisas que nos batem no estômago!!! Saudades docês!!!
Beijos

Udi disse...

uh! na mosca! (Erikinha, Erikinha, captando o inconsciente coletivo!)

Udi disse...

...se Érica é com "c", Eriquinha tem que ser com "qu"?

Érica disse...

É... Clarice, Anne... De-mais!

Udinha, pode ser como vc quiser, mas meu departamento de marketing diverge a respeito da aparência do QU - rs - embora eu goste.
;-)
Bjos procêis!

Gui Ferrari disse...

ta todo mundo com saudade de um monte de coisa!

isso é pra ser bom?

Suzana disse...

Sentimentos antropofágicos.
O amor é meio isso, mesmo.

Angela disse...

Fome
E que vontade!
Saudade
Bjo

Érica disse...

Gui, acho que a gente nunca para de sentir saudade das coisas... Somos brasileiros! (e essa palavrinha só tem no nosso dicionário, não é?)

Suzana: G R E A T! rs...