sábado, 7 de junho de 2008

Entrelido

[Postado por Ernesto Dias Jr.]

Encontrada -- acreditem -- num jornal de negócios:

"Quando as lembranças superam os sonhos, é porque chegamos ao fim."

8 comentários:

Anne M. Moor disse...

Bem... portanto não larguem dos sonhos e mandem as lembranças pra...

disse...

Grande frase.

Dita em outras palavras:
"...Porque embora quem quase morre esteja vivo,
Quem quase vive já morreu."

(Luís Fernando Veríssimo)

Beijo.

PS: Tô morrendo de vontade de ouvir o CD do P.Autran.
certamente MARAVILHOSO.
Daqueles que a gente nunca mais esquece, e fica dias depois de ouvir ainda conectada a ele.
E especialmente curiosa em relação às duas que vc mencionou, além de "Marília de Dirceu", admiradora que sou dos parnasianos e apaixonada que também sou pela Inconfidência Mineira.
Um beijão.
Onde será que a Maria achou esse "bendito link" heim?!

Suzana disse...

Preciso dormir mais!kkk

Érica disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Érica disse...

Lú, adooooro esse texto do Veríssimo!
Mas será que lembranças são tão ruins? A frase do Ernesto soou-me assim...

Raquel Neves de Mello disse...

Acho que lembranças não são tão ruins. Mesmo que sejam ruins.
Lembranças servem de experiência para novos sonhos.
Sabem que encontrei esses dias um ex-namorado da epoca de faculdade? Fazia 17 anos que não nos víamos. Ele lembrava uns detalhes exdruxulos, como o cheiro do xampu Aquamarine que eu usava. Não sei se essa lembrança serviu de alguma coisa pra ele. Pra mim serviu. Hoje uso Natura.

Flavio Ferrari disse...

Quando você namora uma fada isso pode acontecer ... eu garanto !

Ti disse...

Flávio,

A fada só existe em um ambiente de magia... Neste ambiente as lembranças podem ser sonhos, a realidade pode ser uma lembrança e o existir pode ser uma ilusão!!!

O que vale é sentir...Amo você!!