terça-feira, 6 de novembro de 2007

Elementar, meu caro ...

[Postado por Flavio Ferrari]


Watson que nos diga
Tendo acompanhado à fadiga
O arguto Sherlock

Qual é o segredo da vida
Da felicidade que anda esquecida
Por quem coleciona berloques

A chuva molha a avenida
A noite me acolhe, amiga
O sorriso vem, a reboque

14 comentários:

É! disse...

hahahahahhahahahaha
Geeeeeeeeeez!
Como eu posso não-rir com uma foto dessas apesar do poema liiindo?

Jorge Lemos disse...

Tudo para enxergar melhor o mundo.
Valeu!

disse...

Que cara de feliz....

Raquel Neves de Mello disse...

Madrugada inspirada, hem?

Ernesto Dias Jr. disse...

Estranho...
Não havia reparado antes...
Essa imagem está invertida - direita/esquerda - Flávio?

Ernesto Dias Jr. disse...

Ah! Já entendi (ô cara burro). É antiga, né?

disse...

Tb , vi o detalhe, achei melhor não perguntar....

Ti disse...

Elementar meu caro... Dependendo do ponto de vista, tudo pode mudar!!

Jorge Lemos disse...

Ôooo ráios... num é que a Ti táin razão. Angulos oblícuos são angulos oblícuos, cêmera invertida táim posicionamento invertido: elementar no campo de filmagems. Não se ponha invertido e tudo estará certo meu caro Watson.

Udi disse...

?deu uma dissonância cognitiva¿

Flavio Ferrari disse...

Descobriram ... faço parte da Aliança ...

Jorge Lemos disse...

Detalhes apenas...

Anne M. Moor disse...

Esse cachimbo lembra o meu pai...

Flavio Ferrari disse...

Putz ... mais uma que acha que eu tenho idade para ser pai dela ...
Preciso urgente de mais uma aplicação de Restilene, desta vez, na veia ...