terça-feira, 27 de novembro de 2007

"Xavero baun"

[Postado por Carol Dias]


Oba chave é R$1! Carreta. Conserta e amola tesoura e alicate. Dou aula de português (PASMEM!). Faço carimbo. Sou o melhor chaveiro.
Amola e conserta tesoura, alicate, faca. Sou o melhor amolador. É R$1 só!

Não entendeu? Tente aqui:




mais dificil né? hahahah

13 comentários:

Anne M. Moor disse...

Hahahahaha Carolzinha!!!!!!!!!!!!!!! Quem sabe as pessoas "aprendem" português com esse aí...

Ti disse...

êtá!! Tá du piru eça tradussão...

Walmir Lima disse...

Fautô dizê ke nóis asseita tike e valis refeissaum.

Marcia disse...

Walmir,
Cê eskeseu ki pódi aseitá tamém o vali transpórti

É! disse...

aaaaaaaave, Carol!hahahahhahaha!
Acho que minha vó acaba de encontrar uma nova fonte de renda!!
Ela escreve muito bem... Por exemplo: CAXORO (cachorro)... mas se vc quiser ter aulas com ela, só se for de inglês, para aprender a falar MAQUIDONI (Mc Donald's) e NUGUI(nuggets)... O que acha? hehehe

Jorge Lemos disse...

E chega fassil fassil a prizidenti

disse...

Érica, sua vó fala brasiliano.E fala certinho.
A funcionária aqui da casa da minha mãe há duzentos anos me diz assim: Fia, qué comê bróco (brocolis).E eu :oba, quero.....Delicioso o bróco....

Walmir Lima disse...

Márcia!!!
Valeu meu esquecimento... fez você aparecer!!!
Num somi, tá?!

Walmir Lima disse...

Boa lenbranssa, Jórgi!
U 'Xavero baun' dévi cê açessô de enprença do ômi, o ministru da inducassaun dêli.
Eças coiza de portugêis tá fonssionano "comu numca ântis nêçi paíz... cumpaiero"

Marcia disse...

.....enfelismenti, o povu ta tendu diverssus ezemplus di comu ganhá dindin sem tê ki "perder" tempu com izkola.... è só cer jogadô de furtibola, pulitiku ou apenas prezidir um paízz(aí vai se falá o q pruma krianssa qdu ela num ké ir prá iskola......se ela sabe di tudo iztu!!! (ou)??
A nossa sorte é que ainda existem os que gostam dos livros e se preocupam em saber o significado das palavras que pronunciam.....

Jorge Lemos disse...

Sábado, 1º de dezembro, 15 horas, no Centro de Profissionalização de Vinhedo, CEPROVI, estarei abrindo a mesa redonda dobre "Governança e Cidadania), meu tema? Educação e Profissionalização.
Estamos tecnologicamente atrazados em mais de 30 anos. Quando vamos acordar para esta diferença espantosa?
Está na hora de pensarmos em EDUCAÇÃO como meio de sair deste atrazo constragedor.

Anne M. Moor disse...

Pena que não posso estar aí para te ouvir Jorge... Adoraria!

zuleica-poesia disse...

Menina, obrigada pela aula de português. Nem no ginásio eu me divertia tanto.-abraços