segunda-feira, 28 de janeiro de 2008

As ondas da blogaldeia ...

[Postado por Flavio Ferrari]

Desta vez eu vou deixar para alguém mais comentar ...

12 comentários:

Ti disse...

Será que a próxima onda significa que os comentários tornam-se posts e os posts comentários?

Me parece que é assim que estamos seguindo.. A esperança vira ilusão, a realidade vira ficção, a amizade torna-se tristeza... e vivemos dos sonhos errados, das histórias alheias...

Que a próxima onda seja forte, derrube o castelo, e que sobre apenas a tranquilidade do mar, a flexibilidade da areia e a vontade para a construção de um novo presente, renovável a cada brisa!!

Udi disse...

Será que estão todos mais reflexivos e meditativos?

Notou que já não acontecem mais aquelas indagações do tipo: "por onde anda fulano(a)?!"

Já se fizeram vínculos que vão além de nos sabermos só pelos posts e comentários.

disse...

Ti E Udi:
Juro que dá alegria de conhecer pessoas assim...
Não é à toa que me enfiei(rrs) nessa aldeia.
GRANDES MENINAS:inteligentes, perpicazes , elegantes de alma....
e Flávio (rss): vc não comenta, mas nos "obriga" a comentar...
Desculpa meu "jargão de empresa", mas não tem como não ver a marca do "condutor" em vc...
Não quiz dizer líder... (só pra ficar diferente - rss)
Um bjo pra cada.

disse...

quis é com s...

É! disse...

Lindo comentário, Ti... Como diriam: "AMÉM!"

Anne M. Moor disse...

Eu não chamaria a 'blogaldeia' de onda... Gosto de defini-la como um espaço para a qual pessoas inteligentes, perspicazes e elegantes de alma (Lu)convergiram, inicialmente, por empatias talvez baseadas no gosto pela leitura e a paixão pelo escrever e depois por empatias inexplicáveis. Disso surgiram amizades incríveis que não se tornaram tristezas não, mas que abriram portas e janelas para um mundo mais humano, ou como diz a Lú, que nos trouxeram alegrias muitas. Como seres humanos que somos, nos alimentamos de momentos gostosos como os que acontecem aqui. Cada um tem a sua história que construiu, flexibilizou, renovou e renova ao longo da vida.
Temos refletido e meditado em conjunto ou a partir do conjunto, o que tem nos enriquecido muito. Respeitamos a privacidade de cada um que foi se achegando (originalmente, a partir do Assertiva e o Arguta), sentando, provando e saboreando dos cafés oferecidos.
Este ciberespaço é surpreendente, incrível, complexo e MUITO BOM.
Beijos a todos e desculpem o comprimento do comentário!!

É! disse...

Anne: BÁRBARO!
É possível sentir seu abraço!
Beijão!

Udi disse...

Lu: você não havia notado a vocação de "condutor" do Flavio quando ele sugeriu que o Prozac se chamasse Onibus?
beijo procê também!

...sorry, sorry, mas (exceto pelas fotos) tá tudo muito sério por aqui e, vocês sabem, eu sou uma moça séria, mas nem tanto.

Flavio Ferrari disse...

Lucia, outro ponto comum ... vivia escrevendo quis com z ... até que a Ti, cansada de me corrigir, usou uma regra mneumônica infalível: quis é com "s" de Sexo.
Aí ... quem esquece ?
Anne: nosso espaço é assolado por ondas... e se precisar de todos esses pré-requisitos para participar acho que vou ter que me mudar ... beijo

Flavio Ferrari disse...

... ah... e estou mais para cutucador do que para condutor ...

disse...

Flávio:
talvez, mas a essência é a mesma:o movimento.
Udi:
Tem razão, tudo muito sério, mas tudo passageiro.
Exceto piloto, copiloto e comíssários.(Velha essa .)
Melhor passar de ônibus pra avião...
Bj

Udi disse...

Lu, o legal desse Prozac é que a gente pode, a qualquer momento, mudar de embarcação.
Citando de memória, ja viajamos de trem, barco, navio, ônibus... e de ácido lisergico ninguém precisa porque todos aqui já chegaram "powered" de nascimento.
(a piada é velha mas é boa!)