sábado, 5 de janeiro de 2008

Detalhes determinantes

[Postado por Flavio Ferrari]


Ok ... sou do tipo que tem um pinguim em cima da geladeira.
E não foi presente de ninguém. Está lá 100% por iniciativa própria.
A geladeira não é assim uma Frigidaire mas eu também não sou tão frígido.
Já a presença dos imãs não era minha intenção original. Tudo começou porque ganhei um, de uma amiga querida. Uma foto magnética da cena de um filme (Lost in Translation, com Bill Murray e Scarlett Johansson) que ela julgou representar um momento de nossa história.
Aí, uma vez desvirginada a porta da geladeira, a pizzaria, a lavanderia e a assistência técnica do seguro estamparam presença.
O rádio antigo sobre a cristaleira sem porta, a parede trans-moderna, as velhas malas fakes de papelão no chão da sala e o cubo-porta-retrato que resiste ainda com as 6 fotos que vieram da loja sobre a pequena mesa-vitrine ao lado do sofá são outros detalhes reveladores.
De quê, não sei.
Quem se interessar que decifre.


16 comentários:

Jorge Lemos disse...

Para mime tudo stá perfeito,tudo em seu respectivo lugar, folclórica figura que sou. Pinguim escreve histórias sobre o gelo. Aliás tenho um pinguím que data mai de 40 anos: desbotado mantém a nobreza do fraque e da cartola,
como diz Moreira da Silva: "E porque não dizê-lo foi que eu me lembrei de ti" príncipe.
Grato pelas palavras em "Linhas Cruzadas".

Udi disse...

...reveladores de uma pessoa que nada tem a ocultar.

Ti disse...

Faltou também falar da TV de plasma, do MP3, do computador de última geração, dos lençois de algodão egípcio e das coisas "simples" existentes no armário e na geladeira...

Um autêntico apreciador atemporal!!

Anne M. Moor disse...

Eu tinha um pinguim em cima da geladeira até que num dia que viajei e deixei a Serafina (gata) em casa e ela se magoou!! Subiu em cima da geladeira (coisa que nunca havia feito) e literalemente varreu tudo pro chão num ato de desaforo!!!!! :-)
Nossas casas têm características do dono que nem sempre o dono reconhece...

disse...

Malas de papelão no chão da sala, é lindo. Já tive . Cristaleira antiga é lindo tb e requintado, e sem porta dá a "bossa" do diferente.
As "modernidades" são necessárias, pra alguém que precisa, e é tão antenado.
Conforto, e gosto um pouco exótico de quem foge do lugar comum.
Quanto aos imãs: Ah!, quem suporta não ter pelo alguma coisa que demonstre que o ser humano NUNCA é sempre igual?
Casa impecável, sem nadinha "fora do esquadro", é muito chato: Fica bem só na "Casa Côr".
Quantos por cento de acerto , Flavio?

Ernesto Dias Jr. disse...

Tenho tudo isso também. So não sei onde está. Última vez que vi o pinguim estava dentro da caixa da furadeira. E sei lá da furadeira...

Anne M. Moor disse...

"I love a house that's 'lived in'
With clutter here and there.
A magazine left open,
a jacket on a chair
a smell of something baking
a special recipe?
An ever-eager offer
of hospitality,
I love a house that's 'lived-in',
it seems to stand apart,
for in it is a woman/man
who has a loving heart."
(by Gay Wilson)

disse...

Ernesto:
Isso que dá ficar escondendo as coisas (rs).
Procura a furadeira dentro da latinha em cima da escrivaninha.
O conteúdo da latinha, dentro da gaveta da cômoda.
O que aí deveria estar , vc procura dentro da caixa do avião.
Jogou a caixa fora?
Então procura dentro do próprio avião...
Ou então deixa tudo assim...
Bj.

Flavio Ferrari disse...

Jorge: o teu é original ...
Udi: ô se tenho ... principalmente de mim.
Ti: a Tv é LCD, o computador de antepenultima geração e tudo em promoção ... (irresistível, portanto)
Anne: eu viajei e coloquei a gata na geladeira ... salvei o pinguim
Lu: a porta da cristaleira esta pregada na parede do estúdio, no porão da casa do meu pai, por graça e obra do Gui. Estava tão bom que deixei lá ... E, depois, como uso a dita cuja para colocar CDs e DVDs, fica mais prático sem porta. O resto não é de propósito, é com propósito ...
Ernesto: não aposenta a furadeira não ...

Walmir Lima disse...

Quem viu "Meu Cantinho" viu que a maioria dos meus quadros estão no chão. Não é desleixo, não. É meu jeito mesmo. Faço como e quando "me dá na telha".
Um dia eu os penduro.
Até gosto da "decoração" assim.
Agora, os livros, discos e vídeos, bem arrumadinhos, em ordem.
O pingüin ficou lá atrás, na longínqua Santos, dos anos 50.
Eu gostava.

disse...

Pinguim de geladeira já transitou de "mau gosto", pra "naif" e "cult".
mas,na prática, sem rótulos é unanimidade: todo mundo tem um.

Ernesto Dias Jr. disse...

Lú:
Tens razão.
A carenagem de um avião
Dentro de outro
É mesmo coisa bem minha.
Ou devo dizer...
Nada. Deixa pra lá.

Ti disse...

Flávio,

Segue uma característica minha... Nunca fui muito boa em detalhes!!

Beijos

É! disse...

hum, então só tá faltando um vaso com copo de Mc Donald's da D. Maria...
Se fossem avaliar a minha casa pelos objetos que tem lá, estaria FRITA!!
Acho que vou fazer um bazar!

É! disse...

... um copo...

Flavio Ferrari disse...

Érica: serve copo do Bob Esponja ? Tenho 4 aqui em casa...
Ti: você é boa em TODOS os detalhes.