segunda-feira, 17 de setembro de 2007

Herege

[Postado por Flavio Ferrari]

OK ... cometi uma heresia imperdoável ... apendei (outra heresia, desta vez verbal) um poema do Jorge Lemos ...
Ele não merece tamanha impertinência, mas foi irresistível.
Trata-se da discutida questão da rima para palavra açucar, lá no Assertiva do Ernesto.
As primeiras linhas são do Jorge. A esculhambação é minha ...

Rima doce,
doce rima
que me anima
a buscar a prima
da palavra principal.
--------
para o bem
e para o mal
fica o açucar
solitário
no armário
do verbal

5 comentários:

É! disse...

pra mim com adoçante, por favor!

disse...

Tudo a ver...

Udi disse...

Tem alguns posts que me deixam, simplesmente, sem palavras. Em silêncio.

Udi disse...

...não é por preguiça.

É! disse...

ah! e heresia, segundo o Augusto é Jack&Coke...rsrs