terça-feira, 4 de março de 2008

Puros Prazeres - pensamento marginal

[Postado por Flavio Ferrari]


Duro ser hedonista.
Prazer costuma dar trabalho.
Mas há exceções.
Eu, por exemplo, procuro ter sempre em casa uma caixa de bombons da Lindt.
Garantia de quinze segundos de puro prazer antes de dormir.
É mais fácil quando se trata de pequenas indulgências como essa.
Muito mais difícil nos relacionamentos.
Mas não impossível.
Tenho vivido isso.
Vale a pena acreditar que existe.
Vale a pena colecionar esses momentos.
Alias, talvez seja uma das poucas coisas que valem a pena, porque não há pena.

9 comentários:

Ti disse...

Tudo vale a pena, se a alma não é pequena...

No caso dos bombons, que não têm alma, também não tenho pena, já que com você, tudo vale a pena!!

Beijos

sou assim... disse...

Colecionar bons momentos é meu hobby favorito.

sou assim... disse...

Aliás, tenhos uns excelentes com você em meu minha caixinha de lembranças.

sou assim... disse...

esqueça o excesso de "s" , não quis apagar.

disse...

Flávio:
Esse tema é um dos que mais me intrigam ,faz pensar e nunca chego a conclusão alguma.
Realmente, ter prazer dá trabalho, e não sei se deveria ser assim.
Às vezes provoca culpa, e não sei se deveria ser assim.
Sei que , verdadeiramente e sem discurso bonito, me esforço pra sentir prazer em viver e conviver, só porque , como todo mundo, quero sentir felicidade.

Anne M. Moor disse...

Sentir prazer? Tantos momentos, as vezes ínfimos, como um olhar, um toque furtivo, rápido, um cheiro... que nos dão prazer e as vezes desprazer!!
Colecionar esses momentos faz a vida ficar mais fácil e nos lembram que é possível ser feliz!

É! disse...

pois vou te dizer que ontem estava pensando muito sobre isso!!! rascunhei alguma coisa, mas não deu tempo de finalizar... volto em breve.

Jorge Lemos disse...

Com prazer é sempre mais caro, mas vale a pena.

Raquel Neves de Mello disse...

Tambem sou adepta do hedonismo. Acho ate que o Manual do Hedonista - Dominando a esquecida arte do prazer, de Michael Flocker, deveria ser obrigatório nas escolas.