sexta-feira, 4 de abril de 2008

PERFEIÇÃO

[Postado por Érica Martinez]

Mais uma da série: "Inspirado por" (plagiando FF - hehe) Ernesto e Ortega

Composição: Renato Russo
(com Trecho Da Música Ao Vivo)

Vamos festejar a estupidez humana
A estupidez de todas as nações
O meu país e sua corja de assassinos
Covardes, estupradores e ladrões
Vamos celebrar a estupidez do povo
Nossa polícia e televisão
Vamos celebrar o nosso governo
E nosso estado que não é nação
Celebrar a juventude sem escolas
As crianças mortas
Celebrar nossa desunião
Vamos celebrar Eros e Thanatus
Perséphone e Hades
Vamos celebrar nossa tristeza
Vamos celebrar nossa vaidade
Vamos comemorar como idiotas
A cada fevereiro e feriado
Todos os mortos nas estradas
E os mortos por falta de hospitais
Vamos celebrar nossa justiça
A ganância e a difamação
Vamos celebrar os preconceitos
E o voto dos analfabetos
Comemorar a água podre
Todos os impostos, queimadas, mentiras e sequestros
Nosso castelo de cartas marcadas
O trabalho escravo e nosso pequeno universo
Toda a hipocrisia e toda a afetação
Todo o roubo e toda a indiferença
Vamos celebrar epidemias
É a festa da torcida campeã
Vamos celebrar a fome
Não ter a quem ouvir
Não se ter a quem amar
Vamos alimentar o que é maldade
Vamos machucar um coração
Vamos celebrar nossa bandeira
Nosso passado de absurdos gloriosos
Tudo o que é gratuito e feio
Tudo o que é normal
Vamos cantar juntos o hino nacional
(A lágrima é verdadeira)
Vamos celebrar nossa saudade
E comemorar a nossa solidão
Vamos festejar a inveja
A intolerância e a incompreensão
Vamos festejar a violência
E esquecer a nossa gente
Que trabalhou honestamente a vida inteira
E agora não tem mais direito a nada
Vamos celebrar a aberração
De toda nossa falta de bom senso
Nosso descaso por educação
Vamos celebrar o horror de tudo isso
Com festa, velório e caixão
Está tudo morto e enterrado agora
JÁ aqui também podemos celebrar
A estupidez de quem cantou essa canção
Venha, meu coração está com pressa
Quando a esperança está dispersa
Só a verdade me liberta
Chega de maldade e ilusão
Venha, o amor tem sempre a porta aberta
E vem chegando a primavera
Nosso futuro recomeça
Venha, que o que vem é perfeição

TRECHO DA MÚSICA AO VIVO (CD "Como é que se diz eu te amo")
"I'm so happy 'cause today
I've found my friends,
They're in my head
I'm so ugly, but that's ok
'cause so are you
yeaaahhhhhh!!!" (Nirvana - Lithium)

"E a nossa história
não estará pelo avesso assim sem final feliz
Teremos coisas bonitas pra contar
E até lá vamos viver
temos muito ainda por fazer
Não olhe pra tras
apenas começamos
O mundo começa agora...
Apenas começamos!" (Legião Urbana - Metal Contra As Nuvens)

11 comentários:

Walmir Lima disse...

CUIDADO!!!

NÃO CLIQUE NO COMENTÁRIO ANTERIOR

PERIGO DE VÍRUS!!!!!

Walmir Lima disse...

TINA,

HELP !

Anne M. Moor disse...

Suzana, lá no seu tbm tem um desses... apaga...

Flavio Ferrari disse...

E ninguém dá bola para a postagem da Érica.
Eu proponho um brinde à estupidez humana.
À estupidez que nos faz humanos e machuca nossos corações.
Salut !

Udi disse...

FF: não comentar não significa "não dar bola".
Estupidez não merece brinde.
Proponho um brinde à sua inspiração transbordante tal qual, no ano novo, as garrafas de espumante!

Flavio Ferrari disse...

Estava me sentindo meio "belle epoque" ontem à noite, mas contaminado pelo espírito da nouvelle vague.
Sóbrio, mas com a sensação de que deveria tomar um pileque ...

Walmir Lima disse...

Érica,
Tua postagem tem tudo a ver. Muitas vezes ouvimos certas músicas e não prestamos a devida atenção à letra. Uma boa parte dela (ainda bem) nos traz uma bela e profunda mensagem à nossa reflexão.
Esta que você garimpou é uma delas.
O interessante é que o para-tema é a estupidez humana e logo de cara vem um idiota (para não dizer mais) e posta o que parece ser um vírus, tentando estragar nosso ambiente.
Ele achou mesmo que estavamos falando dele.

Walmir Lima disse...

Espero que a Tina, que está viajando durante o dia de hoje, ao chegar logo mais à noite, neutralize o treco.

É! disse...

Flávio: TIM-TIM!

Walmir: linkei o clipe, vale ouvir. Além de gênio, Renato Russo era também muito teatral.

Quanto ao nosso intruso: o que as pessoas não fazem para se divertir às custas alheias, não?

É! disse...

(o link está no título da música)

Ernesto Dias Jr. disse...

Hein? Como? Porquê?