sexta-feira, 17 de agosto de 2007

Dor de Barriga (ou a BAD do papel higiênico).

[Postado por Gui Ferrari]

Eu to com uma puta duma dor de barriga. Terrível.
Já liguei para o médico, e ele disse para tomar bastante líquido (foi o que ele disse, pelo menos).
O pior de tudo isso é que quando tem algo te incomodando parece que saímos da realidade, não é? Tudo deixa de fazer sentido. “O que é que você tem?”, te perguntam inocentemente. Seria de uma estupenda elegância se respondêssemos: “Estou com uma merda de uma desinteria” e ainda completássemos com: “Posso usar o seu banheiro?”.
É por isso que temos (sempre!) que andar com um rolo de papel higiênico, uma garrafa de água sanitária, duas de álcool (uma de zulu e outra de vodka), uma bucha, um batom (nunca se sabe...), um chiclete, três tilenols, e um esfregão. Adicione também à sua mala uma troca de roupas e duas camisinhas (na validade).
E lembre-se de sempre verificar a validade das coisas, principalmente das comidas, pois senão também ficará com desinteria (pode deixar que essa eu não esqueço mais...).
Observação importante: Na dúvida, dobre a quantidade de papel higiênico da mala.

6 comentários:

Anne M. Moor disse...

You are your father's son!!!!!!!!!!!! Hahahahaha... Desculpa rir do teu infortúnio, mas do jeito que contas, tenho que rir... E um conselho: só 2 camisinhas é pouco...

É! disse...

hahahahahahahahahahahahhahahaha
que-pas-sa-mal!
(literalmente!!)

Pois se você soubesse o que tem na bolsa de uma mulher...
- perfume, maquiagem, calcinha, gilete, livro, caderninho, chocolate, baby wipes, carregador de celular, vick pirena, sal de frutas... (bendita moda das maxi-bolsas...)
Isso sem contar o carro: sandália de salto + uma blusa bacana para as baladas de última hora; jaqueta - uma light e uma mega quente - para o frio; tênis e um short(vai que no dia seguinte o programa é ir ao Ibirapuera...))

Ah! Faz soro caseiro: 2 colheres de sal e uma de açúcar!

Udi disse...

A causa dessa diarréia não seria - por um pequeno lapso - você ter confundido a água sanitária com a vodka?

Ernesto Dias Jr. disse...

Benvindo, Gui!
Pode-se dizer que sua estréia no Prozac foi... digamos.... full of shit.

Flavio Ferrari disse...

Menos amenas ...
Ia fazer um post com esse título, comentando as restrições do politicamente correto e seu impacto para a expontaneidade da escrita.
O texto começaria assim:
- Um peido morno me esperava sob os lençois ...
Depois da postagem do Gui, não preciso mais.
O paradigma rompeu-se !

Walmir Lima disse...

Tema novo no Prozac!
Como disse o Ernesto.
E, pelo jeito, acabou dando diarréia cerebral...em todo mundo.rsrsrsrs